Jean Reis é Mestre em Música pela Andrews University e University of Redlands em Regência Orquestral e Violino.

 

Seu primeiro professor foi Germano Streithorst, discípulo de Paulina D'Ambrosio. Seguiram-se Berenice Coutinho Liedke na ACARTE, Erich Lehninger na Escola Municipal de Música de São Paulo, Alberto Jaffé e Audino Nunes. Durante seu mestrado em violino nos Estados Unidos foi orientado pelo Dr. Lyndon Taylor, atual  lider de naipe dos segundos violinos da  Los Angeles Philharmonic.

 

Foi bolsista da University of Redlands e Andrews University atuando como concertino na Orquestra de Câmara da University of Redlands dirigida por Lyndon Taylor e da Andrews University Symphony Orchestra regida pelo maestro Zvonimir Hacko

Na sua fase estudantil foi spalla dos segundos violinos na Orquestra Juvenil do Estado de São Paulo sob a regência de John Neschling. A seguir integrou a primeira formação da Orquestra Experimental de Repertório com o maestro Jamil Maluf. 

Foi bolsista dos festivais de Música de Campos do Jordão sob a direção do maestro Eleazar de Carvalho. Foi spalla da Orquestra do Festival de Música de Teresópolis sob a regência do maestro Marvin Rabin e direção artística de Alberto Jaffé.  

Nos Estados Unidos foi membro da Redlands Symphony Orchestra, Riverside Symphony, Riverside Opera Symphony e Redlands Bowl Symphony Orchestra, Mississippi Symphony Orchestra, Meridian Symphony Orchestra and Gulf Port Symphony Orchestra.

 

No Brasil foi violinista das principais orquestras de São Paulo, incluindo a Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo, Orquestra Filarmonica de São Caetano e Orquestra Sinfônica de Santo André. Ocupou o cargo de monitor de violino na Orquestra Experimental de Repertório sob a direção do maestro Jamil Maluf. Dentre os vários maestros com quem trabalhou  incluem-se Eleazar de Carvalho, David Machado, Simon Blech e Jay Dean. Na área popular, Cyro Pereira e Nelson Ayres. 

 

Foi professor de violino e prática de orquestra  na Universidade Livre de Música e  ACARTE. Violinista do Quarteto Paulista de Cordas, apresentou-se em salas de concerto no Brasil, USA e Europa. Atuou como segundo maestro e violinista dos musicais A Bela e a Fera e Chicago (Broadway & Disney) em São Paulo numa produção da CIE Brasil.

 

Por dois anos foi convidado da  Ecole Normale de Musique de Paris a compor a banca para concessão de Diploma de Concertista da classe de Violino.

Jean Reis foi agraciado com  o título de  Cidadão Poços Caldense por sua atuação na cultura. Em 2015 recebeu da Sociedade Brasileira de Artes, Cultura e Ensino a Ordem do Mérito Cultural "Carlos Gomes" no grau de Comendador, a mais alta distinção honorífica concedida, pelos seus méritos em favor da música. Em 2016 foi homenageado com a Medalha Cinquentenário das Forças de Paz do Brasil, outorgada pela Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU.

É o idealizador e Diretor Artístico de mais de 60  Festivais de  Música realizados no Brasil onde atua como Maestro e professor de Regência Orquestral.  Assina a direção artística e rege as orquestras do circuito de festivais realizados no mês de Julho e Janeiro em  quatro estados brasileiros: Festival Música nas Montanhas (Poços de Caldas-MG), , Festival Internacional de Música de Bauru - FIMUB (Bauru-SP), Festival Internacional Música na Serra (Lages-SC) e  Festival Internacional Música no Pampa - FIMP (Bagé-RS).

A partir de 2019 Jean integra o DUO10 com Dinho Nogueira ao violão e DUO AR com  Flávio Augusto ao piano, intensificando sua atuação camerística ao violino. 

  • w-facebook
  • w-youtube
+55(11)99642.2121  jean@jeanreis.com.br